NUTRIÇÃO E VITAMINAS

Nutrição

"Ato ou efeito de nutrir"
"Conjunto de processos que vão desde a ingestão do alimento até a sua assimilação pela célula".

Alimento

"É toda substância que consumida por um indivíduo, é capaz de contribuir para assegurar o ciclo regular de sua vida e a sobrevivência da espécie a qual pertence".

São representados principalmente pelos açúcares, as celuloses, as gomas e substâncias afins. São elaborados pelos vegetais que realizam a fotossíntese, a partir de gás carbônico e da água. O termo glicídio ou glucídio deriva-se do gtego Glikus, que significa doce. Os açúcares e o amido são facilmente digeridos pelos animais e tem valor elevado valor alimentício (energético). As fibras dietéticas como os FRUTOLIGOSSACARÍDEOS e MANANOLIGOSSACARÍDEOS, são extremamente importantes para melhor aproveitamento dos nutrientes e também para a saúde intestinal. Por outro lado, a celulose e outros glicídios complexos são digeridoscom maior dificuldade, implicando muito dispêndio de energia em sua digestão, salvo nos ruminantes, cuja flora microbiana é de inestimável valor para digestão da mesma.

São compostos insolúveis em água, porém solúveis em solventes orgânicos como éter, clorofórmio, benzeno, etc, Apresentam função energia corporal, com quase o triplo de eficiência. São também veiculo para as vitaminas lipossolúveis (Vit, A, D, E e K) e ajudam sua absorção. Algumas fontes de matérias-primas, tais como o ÓLEO DE PEIXE, ÓLEO DE FRANGO, ÓLEO DE SOJA, ÓLEO DE CANOLA, ÓLEO DE LINHAÇA, apresentam lipédeos com composição rica em ácidos graxos essenciais tais como ÔMEGA 3 E 6.

ORIGEM VEGETAL
Proteícos: soja, canola, etc.
Representados na forma de grãos ou farelos.
Energéticos: Milho, Arroz, Sorgo, Etc.
Representados na forma de grãos ou farelos.

ORIGEM ANIMAL
Carne de frango, carne bovina, carne suína, carne ovinos, peixes, etc...
Representados na forma de farinhas.

ÓLEOS E GORDURAS
Vegetais: Óleo de soja, canola, girassol.
Animais: Óleo de frango, gordura bovina, gordura suína.

ORIGEM MINERAL
Calcário calcítico
Sulfatos(ferro, cobre, cobalto)
Fosfato Bicálcico.

As proteínas (do grego proteos = primeiro) são compostos orgânicos extremamente complexos. O termo proteína foi criado em 1840 por Mulder para designar a substancia fundamental da albumina da clara do ovo. As proteínas são constituídas de unidades denominadas aminoácidos. São responsáveis pela construção de novos tecidos, (musculo, esqueleto, anticorpos, pele, pêlos, penas, etc.), para refazer as perdas dos tecidos e como fonte indireta de energia.

São estruturas inorgânicas que participam de vários processos como formação de ossos e dentes, impulsos nervosos, equilíbrio ácido-básico, etc.
Para alimentação animal podem ser divididos da seguinte forma:

Macrominerais: Aqueles utilizados em maior quantidade pelo organismo - cálcio; fósforo; sódio; cloro; postássio; magnésio e enxofre.

Microminerais: Aqueles utilizados em menor quantidade pelo organismo - ferro; iodo; cobre; flúor; manganês; molibidênio; zinco; cobalto; selênio; cromo; estanho; níquel; vanádio e silicio.

Água: É o constituinte mais abundante do organismo animal, com um teor de aproximadamente 65 - 70% no corpo de um mamífero adulto. Importância da água: excelente solvente; proteção mecânica dos órgãos; precessos de digestão, absorção e metabolismo; controla a temperatura corpórea; etc.

CONDROPROTETORES:
SUFATO DE CONDROITINA E GLICOSAMINA.

PREBIÓTICOS:
PAREDE CELULAR DE LEVEDURAS.

PRÓBIÓTICOS:
ORGANISMOS VIVOS REPRESENTADOS POR BACTERIAS E FUNGOS TAIS COMO SACCHAROMISES CEREVISAE, BACILLUS SUBTILIS, ETC.

POLIFOSFATOS:
HEXAMETAFOSFATOS DE SÓDIO.

A expressão vitamina deriva das palavras “vida” e “amina” e foi usada para designar o primeiro fator do complexo B descoberto, o qual continha o agrupamento amina.

As vitaminas são definidas como um complexo grupo de compostos orgânicos presentes em pequenas quantidades nos alimentos e são essenciais ao metabolismo normal dos animais.

São substâncias de natureza orgânica, cujas estruturas e propriedades são facilmente destruídas pelos agentes químicos e físicos. Sua ação é específica. Não sendo substituída uma pelas outras ou por substituições vizinhas.

Sua ação é catalítica (aceleração) dos processos celulares.

São divididas em lipossolúveis (A, D, E e K) e hidrossolúveis (complexo B e C).

CONTROLE DE QUALIDADE

Analises fisicas

Cor, odor, textura e aspecto fisico e visual.

Analises bromatologicas

Umidade, proteina, extrato etereo, materia mineral, materia fibrosa, calcio e fosforo

Analises microbilogicas

Coliformes totais, coliformes fecais e salmonella